Publicado em: 4 de jan de 2017

Empreendedor: saiba em quais redes sociais investir

As redes sociais são poderosas ferramentas de divulgação para empresas de todos os portes. Elas democratizam o acesso à informação e permitem que os...

As redes sociais são poderosas ferramentas de divulgação para empresas de todos os portes. Elas democratizam o acesso à informação e permitem que os consumidores possam se dirigir diretamente aos seus fornecedores, mantendo com eles uma relação de proximidade impossível de ser alcançada nos meios tradicionais de comunicação. Cada uma dessas redes tem um papel e atende características específicas do público, devendo ser usadas de maneiras complementares.

Conheça as principais redes sociais disponíveis atualmente e saiba em quais investir na divulgação do seu negócio.

Facebook
Com mais de 1,59 bilhão de usuários ativos, o Facebook é a principal rede social do mundo. Deste total, 890 milhões utilizam a rede social todos os dias. No Brasil, este número é de 92 milhões de pessoas, o que representa 45% da população. No ambiente corporativo, 2,1 milhões de pequenas e médias empresas anunciam seus produtos e serviços na plataforma para impulsionar seus resultados de negócios. No Facebook, é possível patrocinar, a preços cômodos, publicações que ampliarão a visualização das informações nas redes de relacionamento.

Aproveite para compartilhar também no seu perfil pessoal alguns posts estratégicos da empresa acompanhados de uma legenda personalizada. Assim, seus contatos vão acompanhar a evolução do seu negócio e, possivelmente, levar mais audiência para a sua fanpage.

Instagram
O Instagram alcançou a marca de 500 milhões de contas ativas no mundo em junho de 2016. Deste total, mais de 300 milhões acessam o aplicativo todos os dias. O Brasil responde por 35 milhões de usuários ativos, dos quais 67% têm entre 18 e 34 anos. Cada pessoa gasta, em média, 257 minutos por mês nessa rede social, segundo dados do próprio Instagram.

A melhor forma de se destacar no Instagram é se misturar aos usuários. A rede social é usada para publicação de fotos cotidianas, especialmente de momentos de descontração. Portanto, é preciso deixar que os posts da empresa se encaixem de maneira leve no feed das pessoas, que é extremamente pessoal. O conteúdo visual é muito importante e deve ser usado para reforçar a identidade da marca. As hashtags são a alma do Instagram e fazem toda diferença no grau de engajamento das publicações. Clicando nelas, o usuário tem acesso a todas as fotos não-privadas que a possuem. Portanto, capriche na escolha das hashtags para alcançar o maior número possível de pessoas.

A rede lançou também em 2016 o Instagram Stories, ferramenta que funciona dentro do aplicativo e que torna mais ágil e compartilhamento de momentos cotidianos, de forma bem similar ao já popular Snapchat.

Snapchat
O Snapchat é a rede social de crescimento mais acelerado. Com apenas quatro anos, mantém mais de 150 milhões de usuários ativos e 8 bilhões de visualização de conteúdo diariamente. A rede permite que usuários compartilhem fotos e vídeos que durem apenas 24 horas na história do perfil, ou que desapareçam instantaneamente quando em mensagem privada. Cada snap dura até 10 segundos, e pode receber filtros especiais, emojis e stickers do momento. Por isso, na hora de compor uma história, é preciso levar em consideração o formato e explorar todas as particularidades de forma criativa.

YouTube
O YouTube tem mais de um bilhão de usuários e, segundo a plataforma, são feitos uploads de 100 horas de vídeo por minuto. O tempo de visualização cresceu 70% no Brasil, em 2015. O sucesso do YouTube é crescente porque ele inaugurou uma nova maneira de interagir com as pessoas, mais próxima e acessível que outras mídias fundamentadas em vídeos.

Para aproveitar o bom momento dessa rede social, o ideal é produzir vídeos exclusivos para a ferramenta, com informações relevantes ao público sobre seus produtos e serviços, agregando valor à marca. Caso isso não seja possível, você pode divulgar materiais de marcas com as quais trabalha e que sejam associadas à sua empresa.

LinkedIn
O LinkedIn é uma rede social muito importante para empresas e profissionais cuja área de atuação é o mundo corporativo. Atualmente, existem mais de 25 milhões de perfis cadastrados no Brasil, que já ocupa o terceiro lugar do ranking de maiores mercados da rede social. Diferentemente das outras redes sociais, o LinkedIn tem foco profissional e de networking. As empresas têm seu lugar reservado, chamado de company pages. Lá é possível compartilhar informações estratégicas sobre o negócio, correlacionando a empresa com os perfis pessoais de gestores e colaboradores.

Twitter
O Twitter completou 10 anos de existência, em 2016, mantendo seu princípio básico: publicações com até 140 caracteres. O Brasil é um dos cinco mercados mais importantes da rede social, que tem 310 milhões de usuários ativos no mundo, mensalmente. O Twitter aposta no imediatismo e na objetividade para a disseminação de seus conteúdos. Segundo dados da plataforma, 57% dos usuários utilizam a rede social para se atualizar sobre notícias de última hora.

A rede social tem funcionado como um grande bate-papo sobre os assuntos do momento, com o uso de hashtags que disputam lugar na lista de assuntos mais comentados, todos os dias. Por isso, interagir com os usuários de maneira eficiente requer estar por dentro das novidades do dia e ter perspicácia para contribuir com as discussões.

Para escolher em que canais investir, é importante conhecer a fundo o perfil do cliente que a sua empresa busca . A partir desses dados, elabore um planejamento que permita explorar a potencialidade de cada rede social, criando um ambiente favorável ao fortalecimento da marca da empresa. E, não se esqueça de que as redes sociais são vias de mão dupla, ou seja, exigem relacionamento com o cliente. Não vale postar um conteúdo e abandoná-lo na sequência. É preciso produzir regularmente e acompanhar os rumos que as publicações vão levando ao longo do tempo.

Outros artigos do blog

Leia este artigo
Publicado em: 6 de fev de 2017

Principais erros de comunicação cometidos pelos donos de pequenas empresas

O pequeno empresário é aquele que está na linha de frente do negócio. Ele acumula várias funções e, mesmo com tempo e conhecimento limitados, dá o...

Leia este artigo
Publicado em: 6 de mai de 2016

O que criar três filhos sozinha me ensinou sobre o trabalho

Ainda hoje me lembro da voz do médico que disse que eu, aos 27 anos, estava grávida de gêmeos. Lembro também da minha cara de choro e das lágrimas...

Leia este artigo
Publicado em: 16 de jan de 2017

Marcas bem trabalhadas são o início de excelentes negócios

O que você pensa quando ouve falar em Google, Nike ou Coca Cola? Imediatamente, vem à sua memória uma série de lembranças e experiências relacionadas...