Publicado em: 26 de mar de 2020

Coronavírus: sua empresa não sabe como se dirigir ao público nesta crise?

O coronavírus pegou todo mundo de surpresa. Além da preocupação com as pessoas próximas, todos estão apreensivos com sua própria fonte de renda. Os...

O coronavírus pegou todo mundo de surpresa. Além da preocupação com as pessoas próximas, todos estão apreensivos com sua própria fonte de renda. Os pequenos negócios, principalmente, estão atrás de uma saída para essa crise toda. Como se comunicar? Como fazer para não perder clientes? Como controlar a queda no faturamento? O que oferecer ou não oferecer ao público? Se você também não sabe, leia este artigo e conte com a Compoá. Estamos agendando reuniões virtuais para prestar consultoria gratuita. Entenda:

Empatia.

Primeiro, vamos destacar esta palavra que se tornou ainda mais recorrente agora.

Você viu mensagens sendo compartilhados incentivando a compra em pequenos negócios? Certíssimo. Você, como empreendedor, também espera que o seu negócio seja preferência neste momento, certo? Então, você, como consumidor, também deve agir da mesma forma. Dê preferência para produtos e serviços de outros pequenos negócios, que devem ser valorizados por todos.

É preciso se colocar no lugar do outro, especialmente da sua persona , e imaginar o que está se passando com ela agora. Se ela é profissional liberal ou autônoma, certamente está preocupada com a sua fonte de renda em curtíssimo espaço de tempo. Se ela é assalariada, está preocupada com um possível cenário de desemprego. Se ela faz parte do grupo de risco, está preocupada com a própria vida. Se ela não faz parte, está preocupada com pessoas queridas que podem ser acometidas. Fora a preocupação com o futuro do país e dos brasileiros, de forma geral, que afeta a todos direta e indiretamente.

Quer ver mais exemplos do que a empatia significa, na prática? Você, como consumidor, gosta de ser abordado de maneira inoportuna? Não, né? Então, a sua marca também não deve cometer esse erro. A sua persona também é uma consumidora, como você. De uma maneira geral, o que não funciona para você, também não funciona para o seu cliente ideal. E vice-versa. Neste contexto tão delicado, é imprescindível prestar atenção em como o seu público está se portando para ajustar o discurso da sua empresa à realidade dele.

Então, antes de se dirigir às pessoas, pergunte-se: diante de tantas preocupações, o conteúdo que a minha marca pretende postar vai agregar valor ou ser mais um dos tantos posts desconectados da realidade que ficam sobrecarregando o feed das pessoas? Olhe para o seu modelo de negócio e veja se é possível dar algo de si para minimizar o sofrimento das pessoas, para ajudá-las a superar, de alguma maneira, esse momento preocupante.

E veja só: dar é dar mesmo. Dar de graça ou a um baixíssimo custo, sem esperar necessariamente receber em troca. Várias empresas estão dando a sua contribuição .

Isso é empatia…

Para nós, empatia é um forte valor. Somos um pequeno negócio, entendemos o que passam os pequenos clientes, que sempre tiveram que se desdobrar para se destacar em meio aos grandes. Agora, mais do que nunca.

Veja como nós, da Compoá, estamos dando a nossa contribuição.

De nossa parte, uma das maneiras que encontramos para exercitar a empatia e a solidariedade foi adotar cinco pequenas empresas para acompanhar bem de perto as estratégias de marketing implementadas nesse momento de crise. Estamos em contato permanente com @s empreendedor@s para pensar em ações comerciais e de divulgação que podem multiplicar essa corrente de cooperação mútua e, de quebra, colaborar nas finanças desses pequenos negócios.

E para tentar alcançar ainda mais pessoas, estamos oferecendo consultorias gratuitas para ajudar outros pequenos negócios a se posicionarem nesta crise. Temos todas as respostas? Claro que não. Cada empresa tem uma realidade e o mercado está mudando rapidamente. O que podemos fazer é pensar junt@s nas melhores alternativas disponíveis com o cenário que temos hoje.

A proposta é voltada principalmente aos profissionais liberais e pequenos negócios do terceiro setor, de produtos ou serviços, que não têm ou nunca tiveram atuação especializada de marketing digital.

Se esse é o seu caso e se quiser discutir melhor posicionamento de marca, estratégias de comunicação, ações preventivas e marketing para fidelização do cliente para o pós-crise, basta manifestar seu interesse pelo e-mail atendimento@compoa.com.br , descrevendo um pouco da realidade do negócio.

Você receberá um contato nosso com uma sugestão de data e horário para reunião virtual de uma hora de duração, que pode se desdobrar em outras, dependendo da necessidade. E o melhor, sem precisar desembolsar nada por essa consultoria especializada.

Isso mesmo, basta você querer! Vamos começar?

Outros artigos do blog

Leia este artigo
Publicado em: 15 de jun de 2016

O poder da empatia para as empresas

Já parou para pensar no que nos faz apaixonar por uma marca? Não, não é o primeiro produto ou serviço que adquirimos. Foi-se o tempo em que a...

Leia este artigo
Publicado em: 24 de out de 2016

Descubra a frequência ideal para postar no blog da sua empresa

Como quase tudo na vida, quantidade não é sinônimo de qualidade. No marketing de conteúdo não é diferente. Ter um site ativo e dinâmico não significa...

Leia este artigo
Publicado em: 1 de ago de 2016

Por que todo negócio deve ter um site dinâmico e moderno

Imagine uma empresa que não fecha nunca, disponível 24 horas por dia para atender os clientes. Imagine que nela é possível encontrar um menu com...