Atualizado em: 26 de dez de 2016
Publicado em: 26 de dez de 2016

9 dicas para usar o e-mail marketing de maneira eficiente

O trabalho de divulgação de uma empresa envolve várias etapas e é preciso valer-se do maior número de ferramentas de comunicação possível para...

O trabalho de divulgação de uma empresa envolve várias etapas e é preciso valer-se do maior número de ferramentas de comunicação possível para alcançar o público. Cada uma dessas ferramentas tem uma aplicabilidade e, juntas, devem ser usadas de maneira complementar para fazer com que a empresa se destaque das demais na disputa pela atenção do cliente. O e-mail marketing é uma delas. Embora tenha andado desprestigiado nesses tempos de redes sociais, ele ainda tem uma importância significativa no projeto de comunicação de qualquer empresa.

Entretanto, não se deve sair disparando e-mail por aí. Como qualquer estratégia de comunicação, o e-mail marketing também precisa ser utilizado com critério para não saturar o cliente e provocar o efeito contrário. Conheça mais sobre essa ferramenta e veja como usá-la de maneira eficiente.

Mantenha sua base de e-mails atualizada
Não adianta ter uma lista de e-mails enorme e grande parte dela estar desatualizada ou sem informações sobre o destinatário. Ao cadastrar os seus clientes, certifique-se de que o e-mail está digitado corretamente e informe-o sobre a intenção do cadastro. É melhor manter um número reduzido de endereços eletrônicos, porém assertivos, do que manter uma listagem enorme, mas pouco eficiente.

Seja realmente relevante
Coloque-se no lugar do consumidor e seja sincero: você gostaria de receber o e-mail que está sendo enviado? Ele tem informações relevantes e é fácil de ser lido e entendido? Se a resposta for negativa, repense o disparo. Pense que esse e-mail vai se juntar a uma lista enorme de mensagens recebidas todos os dias e deve realmente conter informações relevantes. Se o seu público tem perfis distintos, cuide para que o destinatário receba somente as mensagens que sejam de seu interesse.

Seja objetivo e utilize a linguagem adequada ao seu público
Antes de se dirigir aos clientes, é fundamental saber qual é o perfil deles. Identificar a buyer persona e definir o tom de voz ideal para manter um relacionamento com ela são os primeiros passos para a definição de qualquer estratégia de comunicação. Portanto, na hora de mandar um e-mail marketing, assegure-se de que está falando para a pessoa certa, da maneira correta.

Tenha cuidado com o tamanho dos arquivos
Antes de fazer o disparo, faça um teste e veja se o e-mail abre rapidamente e se as imagens carregam completamente. Se o arquivo estiver pesado demais, provavelmente o usuário vai desistir da leitura antes da abertura total da mensagem. Se não for possível reduzir o tamanho, gere um link que conduza o usuário ao conteúdo que você pretende informar.

Aproveite o e-mail para divulgar outros canais de comunicação da empresa
Como dissemos acima, as ferramentas de comunicação são complementares e devem ser utilizadas para reforçar a imagem da empresa. Portanto, em cada e-mail marketing, informe o telefone, os links das redes sociais e convide o usuário para navegar pelo seu site, onde devem estar outras informações úteis sobre o produto e serviço que sua empresa oferece. Sempre que possível, convide-o a compartilhar essa experiência com sua rede de contatos, ampliando o alcance do seu público em potencial.

Não exagere nos envios
Na maioria das vezes, o envio do e-mail marketing interessa mais à empresa do que ao usuário. Poucos são os informativos que realmente atendem a uma expectativa real do consumidor, naquele momento. Portanto, para não pecar pelo excesso, prefira enviar os boletins quinzenal ou mensalmente, reunindo informações realmente valiosas. De preferência, informe a periodicidade desse disparo no próprio e-mail para que a pessoa avalie se ela quer ou não continuar recebendo o informativo. Para e-mails mais frequentes, procure pedir autorização do cliente antes dos disparos.

Monitore o alcance e a taxa de abertura dos e-mails
Atualmente, os próprios servidores que enviam os e-mails disponibilizam relatórios gratuitos sobre o alcance e a taxa de abertura dos informativos. Periodicamente, analise a porcentagem dos e-mails que foram acessados e, de preferência, segmente-os dentre o seu público. Pode ser mais eficiente manter uma divulgação diferenciada para aquelas pessoas que manifestam interesse constante no conteúdo que você disponibiliza, buscando fidelizá-los de maneira especial.

Permita que o destinatário possa se excluir da sua lista de e-mail marketing
No layout padrão do seu e-mail marketing, insira um canal para opt-out, ou seja, um link que possibilite o descadastramento na sua base de dados. Além de deselegante, enviar e-mails contra a vontade das pessoas pode fazer com que elas desenvolvam uma antipatia desnecessária à sua empresa. Portanto, é melhor ser honesto e oferecer essa alternativa de imediato do que ter que remediar o mal-estar pelo excesso de informações enviadas.

Se possível, conte com a ajuda de empresas especializadas em envio de e-mail marketing
Os provedores costumam barrar o disparo de muitas mensagens de uma só vez. Quando a lista de endereços cadastrados é muito grande, fica impraticável enviar as mensagens manualmente para pequenos grupos. Atualmente, existem empresas especializadas nesse disparo, algumas das quais prestam serviços gratuitos para até mil ou dois mil e-mails cadastrados. Consulte o mercado e verifique se alguma dessas atende a sua necessidade. Se a sua base de dados for muito grande, avalie a viabilidade de contratar esse serviço para fazer com que a sua mensagem chegue direitinho ao seu público.

Imagem: Freepik

Outros artigos do blog

Leia este artigo
Publicado em: 13 de nov de 2016

Como escrever bons títulos e fisgar a atenção do leitor

O título é a primeira conexão do leitor com o material que você produziu. É ele que aparece no email, nas redes sociais e até nas ferramentas de...

Leia este artigo
Publicado em: 10 de out de 2016

Como atender [bem] pelo Facebook

Com mais de 1,5 bilhões de usuários ativos, o Facebook se consolidou como a principal rede social do mundo. E se é lá que os clientes estão, é lá que...

Leia este artigo
Publicado em: 28 de ago de 2016

O que a diversidade pode fazer pelos seus negócios

A Câmera Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos (Amcham), lançou uma cartilha que apresenta os benefícios de se trabalhar a diversidade no...